Voltar página
Escrito por: Alline Schineider (Admin)
#Textos
03/12/2018

Seja gentil consigo mesmo

Vivemos na época dos dedos apontados não é ?

Na verdade as pessoas sempre foram campeãs em julgar, apontar o dedo, apontar o erro, falar das falhas alheias, e muitos fazem isso até com um certo prazer.

Por isso é tão importante a gente se conhecer, saber quem somos, ter opinião própria, para não se intimidar, não se abalar ou deixar levar por opniões e julgamentos, de quem não sabe nem um terço do que passamos para estar onde estamos e ser quem somos.

Quando falo de fortalecer nossa identidade, eu me refiro a sabermos exatamente o que queremos e o que não queremos. Ter uma ideia clara dos nossos limites, para que a gente defenda nosso espaço com unhas e dentes, porque ele é nosso!

Da mesma maneira, entendendo quais são nossos limites, aprendemos a respeitar o espaço do outro e isso se torna uma reação em cadeia.

Então tenha identidade sim, tenha personalidade, e viva tudo isso de peito aberto, sem medo das represálias, viva sua verdade, suas vontades, sem culpa e sem arrependimentos.

Não permita que desavisados, intrometidos, e alienados, te distraiam; te façam perder o foco do que realmente conta e importa, que é a sua felicidade, a sua paz de espírito e seu bem estar.

E para quem disser que viver assim é egoísmo, diga-lhes, que para ser gentil com outra pessoa, para ser amável, para respeitar, para ajudar, para ‘fazer’ outro feliz, é necessário antes de tudo, ser gentil com a gente mesmo, se amar, se respeitar e se fazer feliz em primeiro lugar. Essa é uma ordem de acontecimentos não negociável.

#wandyluz | Look Disponível na @metropolleboutique #AMeninaDosOlhosDeDeus #EspalheALuz